terça-feira, 18 de agosto de 2015

Contas surreais

Pensando que quero eliminar 40 kgs (na verdade quero eliminar 48, visto que estou com 91kgs), colocando uma meta bem surreal que gostaria de eliminar tudo isso até a virada do ano e lembrando que cada quilo são 7000kcal, vamos às contas:
40kgs x 7000kcal= 280mil kcal que preciso gastar. Vamos arredondar para 300mil.
Com uma taxa metabólica basal de 2mil kcal por dia, se eu apenas ingerir 500kcal por dia, em 4 meses essas kcal não ingeridas(1500 por dia) somam-se 180mil kcal.
Diminuindo essas 180mil kcal das 300mil que quero queimar, sobram 120mil.
120mil divido por 4 meses, dá mil kcal por dia que precisam ser queimadas com exercícios.
Isso tudo, 500kcal de comida por dia e 1000kcal queimadas com exercícios por dia resultam em -2.5kgs por semana, mais ou menos 40kgs até a virada.
Se eu fizer tudo à risca, até a virada do ano posso estar com 50kgs (que não é minha meta final, mas já está bem perto dela).
Eu realmente posso chegar lá, é possível. É loucura, mas é possível. (Se eu não tiver um infarto e morrer no meio do caminho, claro)
Na teoria é um conto de fadas, que me dá uma imensa felicidade saber que realmente posso estar pesando menos 40kgs esse ano. Na prática, com meu histórico de compulsões, é possível? Eu conseguiria aguentar??
Nunca tive uma meta tão definida assim. Eu sempre estive perdida, sem saber o que fazer, única coisa que sabia é que tinha que comer menos. Sem uma meta visível (e alcançável ) eu vivia sem rumo, só esperando pra tropeçar.
Mas agora eu sei exatamente o que fazer. E farei. E podem contar: até a virada do ano, estarei muito mais magra. Talvez não os 40kgs a menos, mas pelo menos 30 eu prometo pra mim mesma que conseguirei.
Estou mais determinada que nunca.
Foco e força, pra mim e pra todas nós!