domingo, 28 de junho de 2009

como eu gostaria de falar alguma coisa boa agora. tipo,''estou feliz hoje'' ou ''nossa, me olhei no espelho e me achei bonita''. gostaria de falar isso, mas não é a verdade. não é oque eu realmente estou sentindo. mas tenho esperança de algum dia, eu chegar aqui no blog e poder dizer: ''sim, eu sou bonita''.
por causa da anna, eu já perdi muitas coisas. me afastei dos amigos, deixei de sair a noite, deixei de me divertir, olhar no espelho e pensar em outra coisa a não ser gordura. minha relação com meus pais piorou um monte. nem converso mais com ninguém, quero só é ficar no meu canto sem ninguém reparando em mim. reparando nas minhas gorduras.
mas eu sabia que ia ser assim desde o começo. eu sabia as consequências. eu sabia que eu ia me isolar ao ponto de recusar festas, saídas, me recusar a me divertir.
e, sinceramente? não me arrependo não. não me arrependo de a tempos atrás eu ter escolhido uma doença(sem saber) como estilo de vida. não sinto a menor vontade de voltar a ser como era antes.
simplismente eu quero continuar assim. continuar assim, até eu acordar, me olhar na frente do espelho, e simplismente ver um corpo magro e bonito. daí sim. daí eu volto a sair, a me divertir. essa é minha recompensa. só serei feliz, realmente, quando eu for magra. e bonita. e me sentir feliz comigo mesma. e, esse dia vai chegar, eu tenho certeza. se eu não morrer antes, claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário